Pages

domingo, 25 de março de 2012

Chá de cozinha: Uma experiência!

Imagem google.
É até engraçado eu estar escrevendo sobre esse tema, pois nunca gostei de chá de cozinha. Pelo menos da forma como eu já havia participado. Os chás de cozinha que participei ou que tinha conhecimento sempre foram no mesmo formato:
Os convidados chegam e colocam os presentes em uma mesa, depois começa a adivinhação dos presentes, que em geral, levam horas sempre acompanhados de brincadeiras, que para mim, eram humilhantes. Talvez para aquela noiva e suas convidadas (menos eu e mais algumas que estavam ali) era super legal. E só no final de tudo é que as pessoas iriam comer. Daí muitos iam embora sem comer ou até antes de terminar.

Depois que passei a trabalhar com casamentos e a ver mais a fundo esse universo de noivas, percebi que o chá de cozinha não precisa ser somente nesse modelo. Percebi que pode ser um encontro de amigas para uma conversa animada e que sim, pode ser legal.

Quando a minha sobrinha Ana Paula casou, ela pediu para que eu organizasse o chá de cozinha dela. Gente, logo eu que abominava chá de cozinha! Então o caminho foi pesquisar ideias para que o chá fosse o mais agradável possível.

Primeira resolução:
- Faríamos apenas uma brincadeira de perguntas e respostas:
O noivo respondeu várias perguntas a respeito do relacionamento e ela teria que acertar as mesmas respostas que o noivo deu. Cada acerto dela a convidada pagava um castigo ou tomava uma taça de vinho e a cada erro, a noiva pagava um castigo ou tomava uma taça de vinho. Não preciso nem dizer que consumimos 4 garrafas de vinho!

Segunda resolução:
- A comida e a bebida seriam servidas desde o inicio do encontro, para ninguém ficar com fome. Dessa forma as convidadas se serviram enquanto a brincadeira rolava solta. Isso fez com que no final da tarde todas fossem embora sem a sensação de barriga vazia ou de ter comido correndo para ir embora.

No final do chá, noiva estava tão pra lá de Bagdá, por conta de todo o vinho, que quis adivinhar seus presentes, mas não houve nenhuma brincadeira ofensiva.

De tudo isso, o que eu achei mais legal foi que cada chá de cozinha pode ser organizado de uma forma diferente. O que temos que ter em mente é apenas agradar os convidados.

Em outro post mostro as fotos, cardápio, modelo do convite e lembrancinha.

É bom estar de volta depois de tanto tempo.

bjO

2 comentários:

Shirlene e Eliseu disse...

É um chá de cozinha bem legal mesmo, mais tranquilo!!!! Apesar de eu gostar de bagunça...kkk...mais assim também é bom!!!!
Beijos!!

Márcia Pimentel disse...

Obrigada Shirlene pela sua opinião! Volte semrpe!

Postar um comentário

Vamos lá, pessoal! Dêem sua opinião!